Incentivos ao Investimento e Emprego
Portugal 2020




Trata-se do Acordo de Parceria adotado entre Portugal e a Comissão Europeia, que reúne a atuação dos 5 fundos estruturais e de Investimento Europeus (FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP) no qual se definem os princípios de programação que consagram a política de desenvolvimento económico, social e territorial para promover, em Portugal, entre 2014 e 2020.

Estes princípios de programação estão alinhados com o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo, prosseguindo a Estratégia Europa 2020.

Portugal vai receber 25 mil milhões de euros até 2020, para tal definiu os objectivos temáticos para estimular o crescimento e a criação de emprego, as intervenções necessárias para os concretizar e as realizações e os resultados esperados
com estes financiamentos.

Quais são as prioridades de intervenção dos fundos comunitários no período 2014-2020?


A programação e implementação do Portugal 2020 organizam-se em quatro domínios temáticos:
➤ Competitividade e Internacionalização;
➤ Inclusão Social e Emprego;
➤ Capital Humano;
➤ Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos.

Considera, ainda, os domínios transversais relativos à reforma
da Administração Pública e à territorialização das intervenções.